sábado, 9 de maio de 2009

Ahh Salto!

Minha vida no último ano aconteceu dentro do meu carro, eis que numa tarde chuvosa na BR 101 meu carro morreu. Sofri um acidente causado por um jovem garoto de 18 anos, e meu carro deu perda total. Estou no aguardo da seguradora e enquanto isso, curtindo transporte coletivo e caronas de colegas e amigos...
Toda tragédia tem itens bons...o acidente fez eu valorizar muito, muito, muito o simples fato de mover minhas pernas e caminhar até o ponto do ônibus. E o ônibus, ah o ônibus!!!
No ônibus pode-se perceber melhor a vida nas ruas, as mudanças na cidade, e ouvir histórias INCRÌVEIS!!! Assim como dentro dele me ocorreu um episódio hilário!
Certo dia, trabalhando de dupla com uma colega, na cidade de São Leopoldo, estragou meu salto. Pra minha sorte, a amiga possuia uma sandália do meu número em seu porta malas e imediatamente me emprestou. Era uma sandália de festa, com um salto gigante com acabamentos metálicos.
Ufa, coloquei, serviu, e por incrivel que pareça super confortável. Fui pra casa e prometi devolve-la assim que possível.
Belo dia de reunião na empresa, lembrei-me de levar a sandália, coloquei-a numa sacola, na mesma sacola coloquei uma pequena pasta com coisas de trabalho.
Visualise. A menina que só andava de carro estava dentro de um T8 L-O-T-A-D-O. Salto alto, bolsa pesada, e a bendita sacola com a pasta e o sapato.
Hora de descer... lá vou eu me deslocar até a porta de saída.
-Com licença.
-Desculpe.
-Ahh, desculpa!
-Licença...
-Obrigada.
Percebi as pessoas dando pulos a medida que eu passava espremida entre a fila dupla que se formara no corredor.
- Ah, assalto!!!!!!!!!!!
Como assim???? Tomei um susto, e percebi então que o sapato de salto rasgara a sacola e espetou as costas de um cidadão, bem próximo aos rins, onde os assaltantes "calçam" as pessoas na hora dos assaltos.
Todos se olham assustados, e eu, sem compreender muito, quando me dou conta:
- Não, não. É só um salto! Um salto! Não um assalto.
Ufa, desci do ônibus e cai em risadas!!!!
E com a sacola semi-rasgada, com dois saltos espetados pra fora cheguei exausta na minha empresa, contando então o pseudo-assalto que a sandália da Nadia acabara de cometer!!!