sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Mestres!

Diferente de qualquer sexta feira, hoje é dia 15 de outubro, dia dos professores.
Hoje pensei o quanto eu desejava ser professora, pensei no quanto eu admiro meus amigos que dedicam suas vidas à docencia, assim como todos outros educadores anônimos
Em lapsos nostálgicos, me peguei pensando na Maristela. Sem dúvidas ela nem lembra que eu existo, mas carrego comigo o carinho que a minha primeira professora me deu.
Ela era dedicada, me elogiava, me estimulava e me reprendia quando necessário. Era comum, as segundas feiras que ela levava cana, que trazia de um sitio, e nos divertiamos chupando cana. Eu lembro que não via nenhum motivo gustativo para fazer aquilo, mas lembro da delícia que era fazer uma rodinha em torno dela que contava histórias.
Maristela casou-se e mudou-se para o interior, e a lembrança que tenho, é que sentia ódio da lembrança desse casamento, pois foi esse tal de marido que me tirou a pessoa mais importante da minha vida educativa.
Hoje eu agradeço à todas Maristelas, Anas, Veras, Julianas, Joãos... e sem dúvidas, nas minhas orações noturnas vou pedir à Deus que siga iluminando e dando força pra esses profissionais incríveis que infelizmente essa sociedade doente não valoriza.
Um grande abraço de uma eterna aluna,
Cíntia

Nenhum comentário:

Postar um comentário